Desafios da gestão de empresas: modernize e aumente os lucros

Embora o mundo tenha mudado muito nas últimas décadas, ainda vemos algumas empresas praticando os mesmos conceitos e procedimentos da Gestão de Custos e Preços do passado, e é daí que surgem os grandes desafios da gestão de empresas no presente.

Os ventos (e tempos) favoráveis da economia acabaram — e com eles as empresas que pegavam carona e se davam bem. As estatísticas do SEBRAE estão aí para nos mostrar o que acontece com quem insiste em se manter no passado!

Os fatores fundamentais que distinguem a gestão de empresas modernas das empresas tradicionais são: atitude estratégica, gestão de pessoas e o uso de ferramentas e instrumentos de gestão.

Atitude estratégica

Na atitude estratégica a empresa precisa de grande interatividade com o cliente, fornecedor e outras unidades, buscando a satisfação total do cliente, posicionando-se adequadamente no mercado e promovendo a inovação e a qualidade. Além disso é essencial:

  • Ter excelência no atendimento;
  • Buscar constantemente novos negócios;
  • Formar parcerias com empresas e universidades e ter uma estrutura descentralizada com grupos multidisciplinares e abertos;
  • Possuir tecnologia de produção flexível e estrutura com custos baixos;
  • Buscar por novos talentos e estímulo constante da criatividade;
  • Utilizar adequadamente as tecnologias de informação (TI) e pesquisa e desenvolvimento (P & D);
  • Possuir bons programas de educação ambiental; etc.

Gestão de Pessoas

Na gestão de pessoas é imperativo que a empresa valorize o indivíduo como pessoa e incentive a participação do colaborador e o espírito de equipe e também:

  • Adote políticas de recompensas e motivação;
  • Treine constantemente todos os níveis da organização;
  • Foque a gestão do conhecimento;
  • Propicie um ambiente físico confortável;
  • Ajuste os veículos de comunicação interna.

Ferramentas e instrumentos de gestão

Nas ferramentas e instrumentos de gestão a empresa precisa:

  • Implantar relatórios de apuração, análise, planejamento e acompanhamento sistemático de custos;
  • Implantar planilhas de formação de preços contemplando todos os produtos e o resultado final;
  • Fazer o mapeamento e análise dos seus processos críticos;
  • Planejar adequadamente o seu caixa;
  • Implantar os indicadores de performance nas áreas críticas;
  • Usar a ferramenta de gerenciamento de projetos: o PDCA (plan-do-check and action);
  • Ter balancetes gerenciais; etc.

Nos velhos tempos a empresa que possuía um mínimo de organização e alguns dos fatores da atitude estratégica progredia, pois, o mercado era fechado e com pouca concorrência. Hoje em dia, os desafios da gestão de empresas continua, mas fatores como a gestão de pessoas e a implantação de ferramentas gerenciais passam a figurar como indispensáveis no sucesso de qualquer organização, independentemente do seu porte ou segmento.

Assim, se a sua empresa opera num mercado de muita demanda e pouca oferta, você poderá escolher entre obter resultados imediatos, focando apenas a Gestão Estratégica, ou resultados duradouros e sustentáveis, se adotar os 3 aspectos descritos acima.

Porém, se a sua empresa opera num ambiente competitivo, você não tem escolha: terá que focar nos 3 aspectos: a Gestão Estratégica, a Gestão de Pessoas e nos Instrumentos e Ferramentas de Gestão.

A escolha é livre e de sua única responsabilidade, pois, afinal de contas, é assim que funciona o mundo capitalista. Chegou a hora de encarar de frente os desafios da gestão de empresas.

Para saber mais caminhos para sua empresa reencontrar os resultados positivos, acompanhe outros artigos como este em nosso blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *